• Pr. Adelcio Ferreira

A depravação total do homem (ser humano)


Ora, o homem natural não compreende as coisas do Espírito de Deus, porque lhe parecem loucura; e não pode entendê-las, porque elas se discernem espiritualmente. 1 Coríntios 2.14


No século V, Pelágio havia debatido ferozmente com Agostinho de Hipona sobre este assunto. Ele era o bispo de Hipona, uma cidade na província romana da África. Agostinho mantinha que o pecado original de Adão foi herdado por toda a humanidade e que, mesmo que o homem caído retenha a habilidade para escolher, ele está escravizado ao pecado e não pode não pecar. O pelagianismo diz que o homem é plenamente capaz de alcançar a salvação e a perfeição por suas próprias forças, acabava por desprezar a graça de Cristo e negá-la. Considerada uma heresia pela Igreja, o pelagianismo defendia o livre-arbítrio e a salvação humana pelas próprias escolhas, e não pela graça divina.

---------------------------

Apesar de o Pelagianismo ter sido condenado oficialmente pela Igreja, a tensão entre os ensinos de Agostinho e de Pelágio não desapareceu completamente, e então surgiu o que é chamado de Semi-pelagianismo. A doutrina semi-pelagiana não nega o pecado original como o Pelagianismo o faz. Ela ainda afirma a pecaminosidade universal da raça humana. O Semi-pelagianismo admite que o homem, por natureza, está contaminado pelo pecado. Com isso, sua vontade está enfraquecida, mas não num (grau que o torna incapaz de cooperar com a graça divina). A questão do pecado não é cultural. O pecado é pecado. Só estaremos livres de pecar quando tivermos o corpo glorificado. Vamos ver o que a bíblia diz.

--------------------------

1 / Depravação total = O homem está morto em seus pecados e delitos. Assim, quando a Igreja condenou oficialmente o pelagianismo e Semi-pelagianismo, ela reafirmou a doutrina bíblica de que o pecado de Adão não apenas tornou sua vontade para o bem espiritual enfraquecida, mas completamente morta. Mateus 8:22 / Lucas 15:32 / Efésios 2 Em outras palavras, a depravação é “total” no sentido de que afeta todas as partes de nosso ser não somente o corpo, não somente as emoções, mas igualmente a carne, o espírito, a mente, as emoções, os desejos, os motivos e a vontade, juntos. Não somos tão maus quanto podemos ser, mas isso acontece apenas por causa da graça restringente de Deus.


Assista e compartilhe

Deus abençoe sua vida

Pr. Adélcio Ferreira - IBPMG

------------------------

E-mail: pastoradelcio@hotmail.com

Facebook: https://www.facebook.com/AdelcioFerreirapastor

1 visualização0 comentário